Publicado em 26/10/2021

Decidiu engravidar? Siga esses 10 passos até a gravidez!

decidiu-engravidar-siga-esses-10-passos-ate-a-gravidez

Quer saber como engravidar da melhor maneira possível? Fazendo um bom planejamento gestacional, claro! Se você decidiu que está na hora e deseja fazer tudo direitinho, listamos 10 passos que ajudam e muito. As orientações, além de contribuírem para uma gravidez mais saudável, tanto para a futura mamãe como para o bebê, refletem na melhora da qualidade de vida como um todo!

Sem mais delongas, aproveite a leitura e coloque as dicas em prática. Aqui na Fecondare, estamos na torcida!

1) Procure seu ginecologista obstetra e pergunte como engravidar

Calma, nós sabemos que você conhece o “caminho” da gravidez. O que queremos dizer é para perguntar se você deve tratar alguma condição, evitar ou adotar algum hábito, atualizar a caderneta de vacinação, entre outras recomendações.

Para dar essas respostas de maneira precisa, os médicos fazem uma longa entrevista e pedem um check-up pré-concepcional. Os exames servem para detectar possíveis problemas que possam atrapalhar os planos do casal ou que coloquem a saúde da mulher e do bebê em risco.

2) Comece a tomar ácido fólico

A ingestão de ácido fólico (uma vitamina do complexo B) deve começar antes da gravidez ser confirmada. O Ministério da Saúde orienta iniciar a suplementação 2 meses antes das tentativas de engravidar começarem e continuar até completar 2 meses de gestação.

Esse tipo de vitamina serve para prevenir defeitos no tubo neural do feto. Dessa maneira, ajuda a prevenir a ocorrência de problemas como paralisia dos membros inferiores, incontinência urinária e intestinal, retardo mental e anencefalia.

Em casos específicos, o médico responsável pode indicar mais algumas vitaminas, como o Ômega 3. A escolha varia de acordo com as necessidades de cada paciente.

3) Melhore a qualidade da alimentação

Não tem como engravidar com saúde e segurança sem se alimentar bem. Por isso, priorize frutas, verduras, legumes, grãos, cereais integrais e carnes magras no dia a dia, preparados de formas saudáveis. Ao mesmo tempo, evite opções ultraprocessadas (como salgadinhos de pacote, biscoitos recheados, refrigerantes, sucos de caixinha, entre outros).

Se estiver com sobrepeso ou obesidade, procure um nutricionista (ou um nutrólogo) e peça uma dieta individualizada. Isso irá ajudá-la a chegar e se manter no peso ideal, sem comprometer sua saúde.

4) Exercite-se regularmente, mas sem exageros

Exercícios físicos leves, praticados com regularidade, ajudam a reduzir a gordura corporal, aumentar a massa magra, fortalecer a musculatura e melhorar a postura — o que é bastante benéfico para a gravidez e para depois do nascimento do bebê. Além disso, os treinos moderados melhoram a circulação sanguínea, ajudando a prevenir inchaços, dores nas pernas e varizes, entre outros benefícios.

Já os treinamentos muito intensos devem ser suspensos. Como eles levam ao esgotamento físico, podem prejudicar a fertilidade.

5) Minimize o estresse no dia a dia

Encontre formas de deixar a rotina mais leve, pois o estresse pode atrapalhar a fertilidade. A prática de exercícios físicos, assim como de acupuntura, meditação, yoga, entre outras técnicas, são boas maneiras de minimizá-lo. Isso porque, elas aumentam a liberação de endorfina, serotonina e dopamina, hormônios ligados ao bem-estar.

Caso queira cuidar, ainda mais, da saúde mental, procure a ajuda de um terapeuta. O acompanhamento psicológico é indicado, principalmente, para casos de ansiedade entre tentantes.

6) Pare de fumar e livre-se de outros maus hábitos

Fumar é prejudicial à fertilidade do casal e o hábito deve ser interrompido quanto antes. O mesmo vale para a ingestão frequente de bebidas alcoólicas, com exceção de pequenas e eventuais bebidas fermentadas (vinho e cerveja).

Além disso, atente-se ao consumo de cafeína, presente no cafezinho, chás, refrigerantes e diversas medicações. A ingestão exagerada dessa substância também está ligada à infertilidade e a complicações gestacionais. Limite-se a, no máximo, 3 xícaras de espresso por dia (ou a 200mg de cafeína).

7) Vá ao dentista

A consulta de rotina com o dentista é necessária para verificar se não há nenhuma doença periodontal (como uma gengivite). O problema é ligado a complicações como:

  • aumento do risco de parto prematuro;
  • baixo peso ao nascer;
  • pré-eclâmpsia; entre outros.

Além disso, pode gerar prejuízos à saúde do futuro bebê. Isso porque, diversas patologias (como a cárie) podem ser transmitidas a ele através do sangue materno.

8) Aprenda a identificar seu período fértil

Com ajuda da calculadora da ovulação, a mulher com ciclos menstruais regulares pode prever quando será sua próxima ovulação e, assim, estimar o melhor dia para engravidar. Já as que têm ciclos menstruais irregulares devem procurar a ajuda de um especialista em fertilidade para aumentar as chances de engravidar.

9) Convoque o parceiro e “treinem” nos dias certos

O consenso médico diz que manter de 3 a 4 relações sexuais por semana, principalmente, no período fértil, é suficiente para aumentar as chances de engravidar. Em geral, os intervalos entre elas podem ser de 2 a 3 dias, período necessário para o organismo do homem repor o sêmen.

Mas nada de exagerar nas cobranças, para a ansiedade não atrapalhar. O melhor é tentar agir naturalmente!

10) Se mesmo com as dicas de como engravidar, o objetivo não for alcançado, procure um especialista em fertilidade

Agora que você viu como engravidar de forma planejada, fique atenta ao tempo de espera. Seguindo as dicas, casais saudáveis têm boas chances de ficarem grávidos nos 3 primeiros meses. Por isso, se após 1 ano de tentativas (para quem tem menos de 35 anos) ou após 6 meses (para quem tem 35 ou mais),a gravidez não tiver ocorrido, procure um especialista em reprodução humana. Ele investigará as causas da infertilidade, indicará o melhor tratamento e, assim, será possível alcançar o tão sonhado objetivo!

Gostou das dicas? Para descobrir muito mais sobre o universo da reprodução humana, siga a Fecondare no FacebookInstagram e Youtube!

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: E-saúde

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

    Assine nossa newsletter!

      (48) 3024-2523

      Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

      Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

      Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

      Termos e Serviços
      2021 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
      Desenvolvido por esaude