Publicado em 14/03/2019

Calculadora da ovulação: acompanhe seu período fértil

calculadora-da-ovulacao

Graças a calculadora da ovulação, hoje em dia, a mulher pode acompanhar todo o seu ciclo menstrual e fazer uma observação profunda sobre os melhores momentos para engravidar.

O ciclo menstrual é um período que compreende o tempo entre uma menstruação e outra, sendo caracterizado por um processo cíclico e contínuo.

Durante o ciclo menstrual, acontece a maturação e a liberação dos óvulos pelos ovários e a menstruação, que consiste na descamação da camada do endométrio, quando a fecundação não ocorre.

Leia o artigo e saiba como acompanhar o seu ciclo menstrual e pico máximo de sua fertilidade:

Calculadora da ovulação: como pode me ajudar?

A calculadora da ovulação é uma forma eficaz para observar a continuidade do ciclo menstrual feminino, assim como para orientar o melhor momento para engravidar. Consiste em um processo fisiológico natural na vida de qualquer mulher em idade fértil.

Para compreendê-la melhor, vamos entender, primeiramente, o funcionamento do ciclo menstrual:

O ciclo menstrual possui, em média, 28 dias, embora possa variar de 21 a 35 dias, dependendo de cada organismo. 

É importante considerar que até essa variação, isso é considerado saudável, já que cada mulher é única. Durante esse período, existem momentos de pico, que são chamados de fases do ciclo menstrual.

Fases do ciclo menstrual

O momento que marca o início do ciclo é a fase menstrual, que é quando ocorre a menstruação. Isso acontece quando não há fecundação do ovócito liberado durante a ovulação e, então, pela queda dos níveis hormonais, o endométrio descama e a mulher vivencia a menstruação.

Depois da descamação do endométrio, a camada basal tende a reconstruí-lo. Esse período, chamado de fase proliferativa, é estimulado pela liberação de estrógenos, produzidos pelos folículos ovarianos, que por sua vez, são estimulados pelo hormônio folículo estimulante (FSH).

Por fim, temos a fase secretora, que se inicia após o pico do hormônio luteinizante (LH), indutor da ovulação e responsável por formar o corpo lúteo, que tem como função produzir progesterona. Durante essa fase, há um aumento da mucosa do endométrio, que atinge sua espessura máxima para esperar a fecundação.

Por isso, quando acompanhamos nosso ciclo por meio da calculadora da ovulação, podemos compreender melhor em que momento do ciclo estamos e quando será a próxima ovulação

Dessa forma, é possível fazer uma preparação para vivenciá-la e otimizar as chances de engravidar.

Mas, qual é a melhor forma de se programar com a calculadora da ovulação?

Aprenda a calcular o período fértil

O período fértil consiste nos dias que marcam a metade do ciclo menstrual da mulher e, dessa maneira, corresponde no melhor momento para tentar engravidar. Veja como funciona o cálculo:

Para utilizar a calculadora da ovulação, é necessário saber qual foi o primeiro dia em que a sua menstruação ocorreu pela última vez. Ao conhecer o início do ciclo, é possível calcular a possibilidade do período fértil. 

Pode até parecer confuso, mas lembrar o dia exato em que a menstruação aconteceu no último ciclo é fundamental para fazer a conta mais aproximada de quando a ovulação irá ocorrer.

Outra informação sem a qual torna-se difícil fazer o cálculo é referente à duração média do ciclo menstrual, pois assim é possível encontrar com maior exatidão as fases do ciclo menstrual.

Benefícios de acompanhar o período fértil

Conhecer o período fértil é importante por diversos motivos. Acompanhe e se inspire a registrar seu calendário menstrual através dos seguintes benefícios:

  • a mulher tem controle sobre quando a menstruação virá, caso não faça uso de nenhum tipo de pílula anticoncepcional;
  • ao saber a data provável da ovulação, a mulher pode intensificar a proteção nas relações sexuais para evitar engravidar, caso não seja esse o seu objetivo;
  • ao conhecer seu período fértil, a mulher pode aumentar o número de vezes em que ela e o parceiro mantém relações sexuais nesse período, caso haja vontade de tornarem-se pais;
  • ao perceber atraso na chegada da menstruação, a mulher pode suspeitar mais facilmente sobre a possibilidade de estar grávida;
  • a percepção do atraso na menstruação, sem motivo aparente e repetidas vezes, pode ser um indicativo de que a saúde reprodutiva precisa de atenção.

Agora que você conhece a importância de fazer esse controle, entenda a melhor forma de fazê-lo: 

Cálculo do período fértil: como fazer

Há uma forma bem simples e prática de saber qual é o período fértil. Basta um calendário, lápis ou caneta. Agora, observe:

Sempre que a menstruação ocorrer, marque no calendário, contando como o primeiro dia do ciclo. Da mesma maneira, faça no mês seguinte e no subsequente. 

Depois, conte quantos dias se passaram entre uma menstruação e outra e você saberá quantos dias duram o seu ciclo.

Em média, para as mulheres que possuem ciclo menstrual de 28 dias, o período entre a ovulação a menstruação será de cerca de 14 dias. Já nos ciclos de 26 dias, a mulher ovula por volta do 12º dia e nos ciclos de 30 dias, a ovulação provável é no 16º dia.

Depois de se familiarizar com o tempo do seu ciclo, você encontrará o dia em que estará ovulando e, consequentemente estará muito mais alerta para fazer o planejamento de sua gestação.

Como a calculadora da ovulação encontra o período fértil?

Com as mesmas informações necessárias descritas acima, você é capaz de descobrir o período fértil por meio da calculadora a seguir. 

Para fazer o cálculo, basta informar o primeiro dia da sua última menstruação e a duração normal do seu ciclo, que pode ficar entre 20 e 45 dias. 

A calculadora vai lhe dizer os dias em que você estará mais fértil ao longo dos próximos seis meses.

O que fazer se o meu ciclo é irregular?

Lembre-se que essa calculadora fornece apenas datas aproximadas, além de pressupor que você tenha um ciclo menstrual regular. No entanto, caso os seus ciclos menstruais sejam irregulares, o cálculo não será tão preciso e, por isso, será mais difícil detectar o dia da ovulação só com base neste calendário.

Mas não se preocupe, pois, caso o seu ciclo não seja regular, ainda assim é possível compreender os dias mais férteis para a fecundação. Para fazer isso, é importante considerar os últimos três ciclos menstruais e encontrar uma média do período fértil.

Entretanto, o ideal é fazer isso sob o acompanhamento de um ginecologista, que pode avaliar o seu caso individualmente e entender melhor a causa da irregularidade do seu ciclo menstrual.

É importante considerar que cada mulher é única e merece atenção individual para encontrar o melhor momento para engravidar.

O casal unido

Quando um casal deseja engravidar naturalmente, é muito importante que ambos os parceiros estejam atentos ao ciclo menstrual da mulher

Por isso, é importante que os parceiros(as) acompanhem a mulher nesse processo e, dessa forma, entendam também sobre o melhor momento de engravidar

Dessa forma, o casal pode se inteirar sobre o assunto e fazer o cálculo, da ovulação, juntos quando estão buscando o dia mais propício para ter filhos.No entanto, mesmo que haja um diagnóstico de infertilidade, o casal pode recorrer a uma clínica de reprodução assistida e verificar as melhores opções disponíveis para cada caso.

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!