08/02/2019

Alimentos que aumentam os hormônios femininos

alimentos-que-aumentam-os-hormonios-femininos

Os hormônios femininos são fundamentais para regular as diversas funções do organismo da mulher, como a menstruação e a gravidez. A boa notícia é que alguns alimentos podem colaborar com a adequação dos níveis hormonais . 

Ouça este conteúdo: 

 

No artigo, conheça mais sobre o funcionamento desses hormônios, assim como a listagem dos alimentos que contribuem com os hormônios femininos. É importante salientar que é necessário a consulta com um nutricionista que avaliará os níveis hormonais e indicará uma dieta personalizada para cada pessoa. 

Principais hormônios femininos: quais são eles?

Consideramos como os principais hormônios femininos o estrógeno e a progesterona, responsáveis pelo funcionamento adequado da capacidade reprodutiva da mulher

Embora seja produzido em menores quantidades, a testosterona também corresponde a um hormônio fundamental para a saúde da mulher. Conheça um pouco mais sobre eles.

Estrogênio

O estrogênio é considerado o principal hormônio feminino. Atua como papel importante na formação de características femininas, assim como na regulação do ciclo menstrual e preparação para o corpo durante a gravidez, além de atuar em outras funções importantes para o organismo da mulher

Por exemplo, o estrogênio também atua na manutenção da integridade óssea e na regulação dos níveis de colesterol. Esse hormônio gerado pelos ovários começa a ser produzido na primeira menstruação e reduz sua intensidade ao chegar na menopausa.

Progesterona

O hormônio folículo estimulante (FSH) é produzido pela hipófise, uma glândula importante localizada na base do cérebro. O FSH estimula as células do folículo ovariano que, consequentemente, produzem o estrógeno. 

Ao atingir valores específicos, o hipotálamo passa a secretar o hormônio luteinizante, chamado de LH, a fim de liberar o óvulo por meio dos ovários. Assim sendo, o folículo ovariano sofre uma transformação no corpo lúteo e passa a produzir progesterona.

A progesterona é responsável por atuar em união com o estrogênio, de forma a preparar o organismo para a gestação. Também atua de maneira importante na regulação de um ciclo menstrual saudável. Com a chegada da menopausa, a produção da progesterona também diminui consideravelmente.

Testosterona

Embora seja produzido em pequenas quantidades no corpo feminino, a testosterona também é produzida pelos ovários, auxiliando no crescimento ósseo e muscular.

Como a alimentação pode ajudar na produção dos hormônios femininos?

Com a chegada da menopausa, naturalmente, os hormônios femininos tendem a cair. Entretanto, os incômodos provocados pela menopausa podem ser amenizados por meio de uma alimentação balanceada com nutrientes importantes. Além da menopausa, a alimentação pode ser aliada de mulheres que buscam engravidar, já que poderá colaborar com a saúde das glândulas hormonais. Conheça alguns nutrientes essenciais.  

Vitaminas

As vitaminas são fundamentais para a regulação dos hormônios. Muitas delas podem ser encontradas em diversos alimentos:

  • vitamina D3: óleos vegetais e castanha do pará são ricas em vitamina D3, responsáveis por reforçar a ação do sistema imunológico e melhorar a absorção de cálcio;
  • vitamina C: encontrada nas frutas cítricas, a vitamina C é importante para a síntese dos hormônios ovarianos;
  • vitamina B6: ovos, cereais integrais e grãos em geral auxiliam na melhoria do bem estar, além de consistir na importante formação de neurotransmissores, como o triptofano.

Zinco

Frutos do mar e peixes em geral são ricos em zinco, que auxilia na síntese dos hormônios responsáveis por regular as funções ovarianas, principalmente o estrógeno.

Ácido fólico

Os vegetais verde escuros são alimentos ricos em ácido fólico e ajudam na reposição do DNA, além de diminuir os riscos de desenvolver câncer de mama.

Magnésio

Fontes ricas em magnésio consistem nos grãos, cereais integrais, sementes oleaginosas e beterraba. O magnésio atua no bom humor, na formação de neurotransmissores e no relaxamento muscular.

Cálcio

O leite e seus derivados, assim como vegetais verdes são ricas fontes de cálcio, que é importante na contração muscular e na manutenção da massa óssea. 

Lembre-se de consultar um ginecologista para avaliação dos seus níveis hormonais e visite um nutricionista para fazer uma reeducação alimentar que atenda seus objetivos.

Acompanhe nosso blog para saber mais sobre a importância dos hormônios na saúde reprodutiva das mulheres.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: E-saúde

Assine nossa newsletter!

(48) 3024-2523

Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

2019 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
Desenvolvido por esaude