Publicado em 23/06/2020

Quando procurar uma clínica de fertilização?

quando-procurar-uma-clinica-de-fertilizacao

Quando chega o momento de procurar uma clínica de fertilização, significa que o casal venceu algumas etapas importantes no que diz respeito à vontade de ter filhos. 

Ou seja, após identificar prováveis sintomas de infertilidade, um casal que busca engravidar, deve imediatamente procurar um especialista em reprodução assistida e passar por uma investigação aprofundada sobre as possíveis causas dos problemas de fertilidade.

Assim, mesmo que descubram que são inférteis e, portanto, incapazes de ter filhos naturalmente, ainda podem realizar o sonho de ter filhos. Graças às clínicas de fertilização, atualmente, existem diversas técnicas que possibilitam a procriação de forma segura

Por isso, é importante manter-se atento aos sintomas de infertilidade masculina e feminina para saber o momento certo de procurar ajuda médica. 

Assim, caso seja confirmado problemas com a fertilidade, é chegada a hora de ir ao encontro de uma clínica de fertilização, que possibilitará a realização de uma gestação. 

Clínica de fertilização: quando devo procurá-la?

O estilo de vida mudou muito nas últimas décadas, principalmente em relação à formação das famílias, não é mesmo? Atualmente, as pessoas se casam um pouco mais velhas, em relação ao século passado, o que leva às gestações mais tardias. 

Por isso, quando um casal acredita que chegou a hora de engravidar, deve interromper a utilização dos métodos contraceptivos e experimentar a relação sexual desprotegida, no intuito de esperar pela gravidez. 

Mas quando as tentativas não evoluem para a gestação, o casal já começa a considerar a possibilidade da infertilidade. 

Será que sou infértil?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), quando um casal não usa nenhum método contraceptivo e mantém relações sexuais frequentes por um período de 12 meses e não obtém sucesso na gravidez, é provável que possam apresentar um quadro de infertilidade.

No entanto, para a confirmação do problema, é necessário procurar um especialista em Reprodução Humana e investigar se a suspeita é verdadeira.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), o mais indicado é que o casal procure um especialista para realizar os exames confirmatórios e, consequentemente, obtenha uma investigação detalhada do problema, identificando as causas da infertilidade.

A partir da confirmação do quadro, o ideal é que o casal que está tentando procriar busque conhecer sobre os tratamentos mais adequados para engravidar, após o diagnóstico de infertilidade.

Infertilidade feminina e masculina

De acordo com o ginecologista da Fecondare, Dr. Ricardo Nascimento, a espécie humana não é uma espécie fértil já que, a cada ciclo menstrual, a chance de engravidar é de, no máximo, 20% ao mês, considerando essa como uma taxa de fertilidade de um casal jovem e saudável.

Por isso, mesmo para casais saudáveis e ativos sexualmente, pode-se levar até um ano de tentativas para que a gravidez aconteça naturalmente.

Além disso, existem alguns fatores que interferem na infertilidade feminina e masculina ao longo do tempo e que devem ser observados, pois servem de alerta para a procura médica imediata.

Fatores de risco e sintomas para a infertilidade feminina

Mulheres que sofrem de endometriose, síndrome dos ovários policísticos, distúrbios hormonais ou metabólicos ou mesmo aquelas que passaram por alguma cirurgia nos órgãos do aparelho reprodutor devem manter acompanhamento médico regular para monitorar sua fertilidade. 

Outra questão importante é que as mulheres que apresentam algum sintoma descrito a seguir, devem procurar ajuda médica para investigar a causa do problema:

  • ciclo menstrual desregulado;
  • cólica menstrual;
  • fluxo menstrual intenso;
  • corrimentos de odor forte;
  • dor na região pélvica;
  • desconforto durante a relação sexual;
  • presença de sangue após relação sexual e
  • alterações hormonais.

Além disso, as mulheres que passaram dos 35 anos também devem esperar menos tempo para procurar ajuda especializada, pois, nesses casos, quanto mais rápido for encontrada a causa e o tratamento for definido, melhor será para a saúde dos óvulos.

Fatores de risco e sintomas para a infertilidade masculina

Em relação aos homens, caso seja identificada a presença de algum dos sintomas a seguir, também é recomendado procurar ajuda médica, pois podem apresentar possíveis causas para a infertilidade:

  • infecções mal resolvidas no aparelho reprodutor; 
  • varicocele (veias dos testículos dilatadas); 
  • ejaculação problemática;
  • alteração no tamanho do testículo;
  • dificuldade para urinar;
  • desequilíbrio hormonal.

Além disso, é importante considerar que os homens sofrem menos influência com a ação do tempo, em relação às mulheres, já que para eles a idade não é um fator determinante para a fertilidade.

No entanto, existem outros fatores de risco que podem que podem contribuir para a infertilidade dos homens, como por exemplo: exposição imprópria à radiação ou produtos químicos; uso de drogas; tabagismo e alcoolismo.

Reprodução Assistida para outros casos

Quando o assunto é a procura por uma clínica de fertilização, não é necessário apenas ter um diagnóstico de infertilidade. Ou seja, os procedimentos de reprodução assistida também são indicados para casais homossexuais que querem ter filhos.

Nesse caso, o ideal é que os parceiros procurem uma clínica de confiança para orientá-los de todo o passo a passo para procriar a partir de técnicas de reprodução humana. Da mesma forma, é muito importante que o casal seja devidamente orientado sobre o banco de doação de gametas.

Além disso, há a opção da reprodução assistida para as pessoas que buscam pela maternidade e paternidade independente ou mesmo para os que querem esperar para ter filhos futuramente. Nessas situações, será indicado o congelamento de óvulos e espermatozoides.

Em relação aos pacientes que passam por tratamentos oncológicos e, por isso, apresentam queda na fertilidade, a criopreservação também é viável. 

Atenção!

Ao procurar por uma clínica de fertilização em Florianópolis ou em qualquer lugar do mundo, sempre verifique se o atendimento é humanizado e se todas as suas dúvidas são completamente esclarecidas. O primeiro contato com a equipe e o espaço é fundamental para estabelecer confiança e realizar o sonho de ter filhos.

Para conhecer sobre os tratamentos realizados por uma clínica de fertilização, acesse o E-Book “Tratamentos em Reprodução Humana”.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Equipe Fecondare

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

(48) 3024-2523

Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

Termos e Serviços
2020 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
Desenvolvido por esaude