Publicado em 13/03/2020 - Atualizado 15/05/2020

5 hábitos saudáveis para aumentar a fertilidade masculina e feminina

5-habitos-saudaveis-para-aumentar-a-fertilidade-masculina-e-feminina

Aumentar a fertilidade: você sabia que é possível fazer isso naturalmente?

Ouça este conteúdo:

Existem alguns hábitos que, quando cultivados e atribuídos à uma rotina, contribuem consideravelmente para o aumento da fertilidade masculina e fertilidade feminina

Por isso, quando esses hábitos são adotados por casais que querem engravidar, é possível que fertilização aconteça mais rapidamente.

Confira uma lista com alguns hábitos indispensáveis para que você mantenha a sua fertilidade ativa:

5 dicas para aumentar a fertilidade naturalmente

A suspeita de infertilidade surge quando um casal está tentando engravidar há mais de um ano, sem uso de nenhum método contraceptivo e não obtém resultados. Ao investigar o problema, descobrem que o casal é realmente infértil ou então um diagnóstico identifica a causa da infertilidade por apenas um dos parceiros.

Entretanto, antes de identificar a causa do problema, é importante conhecer algumas atitudes habituais que podem contribuir para a dificuldade de engravidar

Ou seja, o efeito de hábitos inadequados contribui tanto para infertilidade masculina, quanto para a infertilidade feminina, já que afeta o bom funcionamento do sistema reprodutor e, consequentemente, passa a interferir na saúde reprodutiva.

Por isso, algumas ações devem ser adotadas para que a fertilidade esteja ativa:

1.Manter o peso ideal

Manter o peso em equilíbrio é um fator essencial para que a gravidez aconteça naturalmente. Estar muito acima ou muito abaixo do peso é um fator que influencia diretamente na ovulação da mulher, interferindo na fecundação.

Além disso, o estado nutricional e o estilo de vida do homem também interferem em sua fertilidade, pois é provável que o sêmen e os espermatozoides sejam afetados em uma dieta pobre.

Por isso, é importante estar atento em uma dieta rica e nutritiva, que auxilia tanto na manutenção do peso ideal, quanto na saúde geral do corpo e, consequentemente, na capacidade de procriar. 

Assim sendo, a correção do peso ideal melhora tanto a frequência ovulatória, quanto a qualidade do sêmen.

Uma dieta alimentar correta em quantidade e qualidade deve manter a prioridade em alimentos importantes para a saúde reprodutiva, como, por exemplo:

  • peixes e frutos do mar;
  • alimentos frescos e naturais;
  • frutas secas;
  • azeite de oliva;

Além dos alimentos que devem ser inseridos na dieta, é importante evitar o consumo excessivo de carne vermelha, laticínios e alimentos minimamente processados e industrializados.

Da mesma forma que adotar uma dieta saudável favorece a fertilidade, é ideal praticar exercícios físicos regularmente, pois o sedentarismo também é um agravante para o problema.

2.Fazer sexo regularmente

Obviamente, quanto maior o número de relações sexuais entre um casal, maiores as chances de fecundação não é mesmo?

Mas além disso, quando um casal fica mais de uma semana sem fazer sexo, a motilidade de esperma diminui, embora a contagem de espermatozoides aumente. Por isso, se você está tentando engravidar, não deixe de praticar antes de completar o ciclo de cinco dias. 

3.Saber escolher os lubrificantes

Alguns lubrificantes possuem agentes espermicidas, que diminuem a fertilidade. Por isso, quando for escolher o lubrificante, evite os que são à base de água, pois podem inibir a motilidade dos espermatozoides consideravelmente.

Aposte nos óleos naturais, mas converse com um especialista para saber qual é a melhor opção a ser seguida.

4.Atenção ao período fértil

O período fértil é o momento ideal para praticar sexo, quando o casal deseja engravidar. Dessa maneira, é importante estar atento ao período fértil e, então, aumentar as tentativas nesse momento.

Registrar o dia aproximado da ovulação, que acontece cerca de 14 dias antes do período menstrual, ajuda a definir o período fértil. 

É importante considerar que as chances de engravidar são enormes antes da ovulação, mais precisamente os três dias que a antecedem. Por isso, procure aumentar as tentativas nessa fase.

5.Evitar hábitos prejudiciais à fertilidade

Os hábitos que devem ser retirados da lista para os casais que estão tentando engravidar são:

  • tabagismo;
  • consumo de bebida alcoólica;
  • exposição a pesticidas, metais pesados, solventes e toxinas;
  • sedentarismo;
  • uso de drogas.

Além disso, é importante estar atento ao uso de medicamentos, pois dependendo do caso, podem também interferir na fertilidade do casal.

Confirme o diagnóstico

Lembre-se que cada caso é um caso e deve ser analisado individualmente. Por isso, embora esses hábitos sejam comprovados por manter a fertilidade ativa e aumentar as chances de gravides, é indispensável que você procure um médico, se suspeita estar com problemas de fertilidade

Apenas um especialista pode dar o diagnóstico correto e avaliar a causa da sua dificuldade para engravidar.

E não se preocupe, pois, caso você descubra que é infértil, existem inúmeras formas de ainda ter um filho. As técnicas de reprodução assistida foram criadas exatamente por isso e você pode encontrar a mais apropriada para o seu caso.

Para saber mais sobre Infertilidade Masculina e Infertilidade Feminina, baixe os e-books gratuitamente agora mesmo e fique por dentro do assunto.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Fernanda Souza Peruzzato - Embriologista - CRBM-5 0934
CRBM-5 0934 Embriologista Biomédica (CRBM-5 0934) formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui experiência e habilitação profissional nas áreas de Genética e Reprodução Humana. Em 2012, concluiu o Master em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida pela Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva SPMR (Projeto ALFA/SP). Atualmente está cursando o Curso de Embriologia Clínica […]

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

(48) 3024-2523

Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

Termos e Serviços
2020 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
Desenvolvido por esaude