O que é azoospermia?

Publicado em: 30 de novembro de 2017

O que é azoospermia?

Você sabia que é possível que o sêmen não possua espermatozoides? Isso, praticamente, define o que é azoospermia: a inexistência de gametas masculinos no esperma.

Há várias causas para a azoospermia. Na grande maioria dos casos, ela só é descoberta quando o casal busca ajuda médica especializada para descobrir porque está tendo dificuldade para engravidar ou o homem realiza um espermograma para avaliar sua fertilidade.

O exame precisa ser feito mais de uma vez antes de ser confirmada a ausência de espermatozoides na ejaculação. Uma doença que, geralmente, provoca esse resultado é a varicocele, principal causa de infertilidade masculina.

Por que é importante saber o que é azoospermia

Dependendo do caso, o homem pode ser diagnosticado com azoospermia obstrutiva, azoospermia não obstrutiva e azoospermia idiopática. É preciso identificar qual delas está provocando a ausência de espermatozoides no sêmen para o tratamento ser mais assertivo.

Azoospermia obstrutiva

Surge, na maior parte das vezes, como consequência da vasectomia ou de alguma lesão no sistema reprodutivo masculino que impede a ejaculação. Ou seja, o organismo até produz o esperma, porém, ele não chega ao destino.

Azoospermia não obstrutiva

Ocorre quando os testículos não produzem os espermatozoides da forma como deveriam. Geralmente, a causa da azoospermia não obstrutiva é genética, desencadeada por uma infecção provocada por alguma Doença Sexualmente Transmissível (DST) ou está relacionada a algum procedimento cirúrgico.

azoospermia idiopática

Em alguns homens, não é possível detectar a causa da azoospermia não obstrutiva. Esses casos são classificados como de azoospermia idiopática, termo usado para designar situações em que a causa é desconhecida.

A azoospermia tem cura?

Depois de descobrir o que é azoospermia, a próxima dúvida é: azoospermia tem cura? Isso depende.

Pode não haver tratamento para os casos em que o diagnóstico identifica que a causa da ausência de espermatozoides no sêmen é genética, por exemplo. Mas quando a azoospermia se deve à disfunção testicular, o especialista em reprodução humana pode recomendar o uso de alguns medicamentos para o órgão voltar a produzir os gametas normalmente. Também há a possibilidade de realizar uma cirurgia para solucionar o problema relacionado a azoospermia obstrutiva.

Embora haja alternativas, nem sempre elas resultam em uma produção normal de espermatozoides. Isso não quer dizer, no entanto, que a chance de ter um filho é nula. Existem técnicas de reprodução humana que podem viabilizar uma gravidez. A fertilização in vitro e a ICSI são as mais recomendadas para os casos de azoospermia.

Conteúdo atualizado em: 29 de Abril de 2018

 Agendar Consulta

Para agendar uma consulta preencha o formulário: