Publicado em 11/06/2020

FIV com óvulos doados: tudo o que você precisa saber

fiv-com-ovulos-doados-como-e

Recorrer à Fertilização In Vitro (FIV) com óvulos doados é uma das alternativas para o tratamento de infertilidade, já que consiste em uma das técnicas de reprodução assistida destinada a todo casal que encontra dificuldades para procriar naturalmente.

Como sabemos, A Fertilização In Vitro (FIV) é uma técnica de Reprodução Assistida que consiste na realização do encontro entre gametas (óvulo e espermatozoide). A técnica é uma alternativa utilizada por casais com dificuldades para engravidar.

Dentro dos tratamentos eficazes para engravidar por meio dessas técnicas, está a doação de óvulos, um procedimento feito por doadoras anônimas que, por vontade própria, cedem seus óvulos para mulheres que não podem engravidar.

Doação de óvulos: como é feita?

No Brasil, não existe um banco de óvulos congelados para doação, apenas clínicas que mantêm óvulos que são doados. Por isso, é necessário procurar por uma clínica especializada em fertilização e realizar a doação. 

Para fazer a doação, as doadoras passam por um processo de indução de ovulação, onde usam medicamentos a partir do início do ciclo menstrual para estimular o processo ovulatório. 

Feito isso, após cerca de 10 a 12 dias, esses óvulos estarão pontos para serem aspirados e, dessa forma, é feito o procedimento de retirada com o uso de uma agulha guiada por meio de ultrassom transvaginal

Após essa etapa, os óvulos serão verificados para as devidas condições de uso. Os óvulos doados serão utilizados na FIV quando uma paciente não possui óvulos saudáveis para uma gravidez.

Quem está indicada para receber os óvulos?

Geralmente, as mulheres indicadas para receber os óvulos são as que passam ou passaram pelas seguintes situações:

  • ovários que pararam de funcionar ou não produzem óvulos suficientes;
  • passaram por diversos abortos;
  • não possuem óvulos apropriados, seja pela má qualidade deles, seja por doenças hereditárias.

Já para as mulheres que desejam doar os seus óvulos, é preciso que atendam determinados pré-requisitos. 

Quem está apta a ser uma doadora de óvulos?

Para fazer a doação de óvulos, é preferível que as doadoras tenham, no máximo 35 anos, já que na maioria das vezes, é até essa idade que os óvulos estão mais saudáveis e correm menos risco de desencadearem problemas genéticos. 

Além disso, é fundamental que a doadora não apresente nenhuma doença genética hereditária ou problemas de saúde que possam ser agravados pela ação de medicamentos utilizados durante a estimulação ovariana.

Doação compartilhada

No caso de doação compartilhada, o pré-requisito é para mulheres com, no máximo, 35 anos e que estejam em ciclo de fertilização in vitro ou de congelamento de ovulos para postrergar a meternidade. 

Nesse caso,  a doação será feita com a metade dos óvulos gerados no ciclo para uma mulher que não produz mais óvulos. É importante lembrar que esse tipo de doação é feita por mulheres que não possuem condições de arcar com todo o custo do tratamento.

Óvulo doado: de quem é o DNA?

O código genético (DNA) virá da mãe doadora, e não da receptora. Mas é importante ressaltar que o DNA não é o único responsável pelas características do bebê. As características físicas e comportamentais do ser humano são resultado de um conjunto de fatores:

  • Condições genéticas
  • Condições epigenéticas
  • Ativação ou desativação dos genes

Leia mais: Doação de óvulo: o meu filho terá duas mães? 

Questões éticas e legais envolvendo a FIV com óvulos doados

Os programas de reprodução assistida com óvulos doados são regulamentados pela Resolução N° 1358/92 do Conselho Federal de Medicina (CFM) que determina normas éticas para orientar sua organização. 

Segundo a regulamentação, dentre as premissas estabelecidas, é determinado que esse tipo de doação não deve ter caráter lucrativo, além de ser obrigatória a preservação do anonimato da doação.

Além disso, a escolha das doadoras deve ficar sob a responsabilidade da clínica, que deverá analisar todas as devidas condições das doadoras e os respectivos requisitos necessários para que seja feita a doação. 

Graças a essa resolução, hoje está garantido o direito à reprodução assistida, o que apresenta um caráter mais democrático e universal, já que contempla pessoas que antes eram impedidas de realizar o sonho de construir uma família.

Quer saber mais sobre como doar seus óvulos ou receber uma doação de óvulos? 

Entre em contato conosco pelo WhatsApp ou e-mail e tire suas dúvidas!

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Equipe Fecondare

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

(48) 3024-2523

Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

Termos e Serviços
2020 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
Desenvolvido por esaude