03/09/2019

É normal não ter sintomas de gravidez?

e-normal-nao-ter-sintomas-de-gravidez

Ainda que raro, é possível estar grávida e não ter os sintomas de gravidez. Imagine descobrir a gestação apenas no momento do parto?

Por isso, é muito importante estar atenta ao que pode desencadear um episódio como esse e saber a melhor forma de lidar com o problema. 

Leia o artigo e descubra porque isso acontece, quais os motivos que levam a uma gravidez sem sintomas e quais os riscos para a mãe e a criança.

Ausência de sintomas de gravidez: como isso acontece?

Apesar de não ser algo comum, uma gravidez pode passar despercebida sim. Isso pode acontecer mediante alguns motivos diferentes, embora a causa do problema esteja quase sempre relacionada às questões hormonais. Ou seja, principalmente durante a gravidez, a maior parte dos sintomas apresentados pelas mulheres são decorrentes das alterações hormonais e, por isso, essas modificações no organismo estão presentes desde os primeiros momentos da gestação. 

Por isso, quando os sintomas da gravidez não são evidentes, é possível que haja algum distúrbio dessa natureza impedindo que os sinais da gestação se manifestem.

Isso pode acontecer especialmente com mulheres que apresentam fluxos menstruais desregulados, que se manifestam em decorrência de algumas patologias, como a microcitose, ou os ovários policísticos

Além disso, algumas mulheres já convivem com altas taxas hormonais durante os períodos menstruais. Por isso, muitas vezes, quando há uma gestação, o corpo pode não responder às mudanças mais comuns da gravidez.

Sobrepeso também pode ser um problema

Outra situação que pode levar uma mulher a não identificar os sintomas de gravidez é o excesso de peso. Inclusive, as mulheres que têm sobrepeso, podem confundir os movimentos do bebê com a atividade do intestino

O estado emocional pode explicar a ausência de sintomas

Da mesma forma que existe a gravidez psicológica, quando a mulher acredita estar grávida quando não está, pode-se explicar a ausência de sintomas na gravidez

Ou seja, quando a mulher está grávida, mas não quer acreditar que está, ela pode tentar enganar a si mesma de forma psicológica a fim de reprimir a gestação. Isso pode acontecer por motivos diversos, que vão desde uma gravidez não planejada, repressão da família, problemas financeiros ou no trabalho, entre tantos outros.

Por isso, seja qual for o caso, uma gestação sem sintomas pode trazer problemas para a mãe e o bebê, já que o pré-natal não é realizado. 

Quais os riscos de uma gravidez assintomática?

No primeiro momento, ou semanas, não reconhecer que se está grávida é comum. Isso não implica grandes complicações para a mãe e o filho.

Porém, durante o desenvolvimento da gestação, a realização do acompanhamento e de exames é muito importante. É durante o pré natal que se avalia a saúde da mãe e do bebê, e os médicos podem intervir se necessário.

Negligenciar os cuidados do pré-natal pode contribuir de maneira negativa na hora do parto. Por isso, para ter certeza de que está tudo bem, é preciso um cuidadoso acompanhamento médico.

Atualmente, compreende-se que o pré-natal começa até mesmo antes da gravidez. Na consulta antecipada a mulher pode tirar suas dúvidas e se preparar para a gestação. Assim, condições desfavoráveis podem ser corrigidas, garantindo ainda mais tranquilidade para a futura mamãe.

Porém, na maioria dos casos, a gravidez é um acontecimento repleto de sintomas, que são facilmente identificáveis. Então como é possível reconhecer a manifestação de uma gravidez?

Quais os principais sintomas de gravidez?

Muitas vezes, é comum que as mulheres apresentem dúvidas relacionadas à manifestação de uma gravidez. 

Por isso, saber reconhecer os principais sintomas de uma gravidez pode ajudar na hora de perceber uma gestação. São alguns dos sintomas identificáveis:

  • atraso menstrual;
  • enjoos e vômito;
  • sonolência;
  • sensação de estômago cheio;
  • diminuição do trânsito intestinal;
  • inchaço das mamas;
  • manchas na pele;
  • aumento da vontade de fazer xixi;
  • cólica e sangramentos leves.

É importante considerar que esses sinais podem começar até 12 dias após a concepção. Porém, ao sentir e desconfiar de uma possível gravidez, é sempre indicado procurar um médico especialista para confirmar o quadro, mediante a solicitação dos exames adequados.

Consulte um especialista

Por isso, caso haja suspeitas sobre uma gravidez, é importante buscar uma clínica especializada, com profissionais de confiança, para que dessa maneira, seja realizado um diagnóstico de qualidade, direcionando o pré natal e evitando possíveis complicações para a mãe e o bebê.

Ainda restou alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato com nossa equipe.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Dr. Jean Louis Maillard - Ginecologista - Diretor técnico médico - CRM-SC 9987 , CRM-RS 13107 e RQE 5605
Diretor Técnico Médico CRM-SC 9987 , CRM-RS 13107 e RQE 5605 Ginecologista Formado na Faculdade de Medicina da PUCRS em 1983. Residência médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital São Lucas da PUCRS. Precertopship de Histeroscopia com Dr. Jacques Hamou em 1986. Fellow nos Hospitais Tenon e Port Royal em Paris, nas áreas de laparoscopia […]

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

(48) 3024-2523

Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

2019 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
Desenvolvido por esaude