Publicado em 06/12/2023 - Atualizado 11/12/2023

Como a técnica de ICSI pode ser uma aliada contra a infertilidade?

como-a-tecnica-de-icsi-pode-ser-uma-aliada-contra-a-infertilidade

A infertilidade é um desafio que afeta muitos casais em todo o mundo, e a busca por soluções eficazes tem levado à evolução constante da medicina reprodutiva. Nesse contexto, a técnica de ICSI (sigla para injeção intracitoplasmática de espermatozoides) tem se destacado bastante.

Neste artigo, abordaremos como a ICSI pode ser uma aliada fundamental no combate à infertilidade, especialmente em casos masculinos. Saiba tudo sobre essa técnica de reprodução assistida e onde você pode procurar tratamento em Florianópolis.

Entendendo a infertilidade

Antes de aprofundar sobre o assunto, é importante entender que a infertilidade é uma condição que pode ser angustiante e emocionalmente desgastante para casais que desejam ter filhos.

Ela pode resultar de diversas causas, envolvendo tanto homens como mulheres, ou seja, se limita apenas a um dos parceiros. Por isso, é fundamental que ambos os parceiros compreendam as causas e as opções de tratamento disponíveis para enfrentar essa condição.

O que é a técnica de ICSI?

ICSI, sigla para Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide, é um procedimento avançado de fertilização assistida amplamente utilizado em casos de infertilidade. Essa técnica foi desenvolvida para superar diversos desafios associados à fertilização natural, especialmente quando a causa da infertilidade está relacionada à qualidade ou quantidade de espermatozoides.

Por isso, ela é considerada o maior avanço nos tratamentos de infertilidade masculina pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA). A técnica envolve a injeção de um único espermatozoide diretamente no citoplasma de um óvulo maduro, o que aumenta significativamente a probabilidade de fertilização bem-sucedida.

Quando a ICSI é indicada?

A ICSI é frequentemente recomendada em casos específicos de infertilidade, principalmente quando é referente a infertilidade masculina, na qual a qualidade ou quantidade de espermatozoides é um desafio.

Aqui estão algumas situações em que a ICSI pode ser indicada:

  • baixa concentração de espermatozoides;

  • mobilidade reduzida dos espermatozoides;

  • anormalidades nos espermatozoides e

  • problemas de fertilização prévia.

É importante ressaltar que a técnica de ICSI é realizada em clínicas de fertilidade especializadas por profissionais altamente qualificados, garantindo que o procedimento seja realizado com o máximo de cuidado e precisão.

Como a técnica de ICSI é realizada?

A Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide (ICSI) envolve várias etapas para facilitar a fertilização. Antes do procedimento, a mulher é submetida a um tratamento de estimulação ovariana controlada, para estimular a produção de múltiplos óvulos maduros.

Isso é feito para aumentar as chances de sucesso no procedimento. Após o monitoramento cuidadoso do desenvolvimento dos folículos ovarianos, a coleta dos óvulos é agendada.

Este é um procedimento ambulatorial que envolve o uso de ultrassonografia para guiar a inserção de uma agulha fina através da parede vaginal, para aspirar os óvulos dos folículos ovarianos. Os óvulos são coletados em um ambiente estéril e transferidos para o laboratório de fertilização. Enquanto os óvulos são coletados, o sêmen do parceiro masculino é coletado e processado em laboratório.

Durante esse processo, os espermatozoides são separados de outros componentes do sêmen, como o plasma seminal, e preparados para seleção e injeção intracitoplasmática. O próximo passo envolve a seleção de um único espermatozoide saudável.

Após a injeção, o óvulo fertilizado com sucesso se desenvolve em laboratório por alguns dias. Durante esse período, o embrião é monitorado quanto ao seu desenvolvimento e qualidade. Passado a fase de cultivo, um ou mais embriões de boa qualidade, são selecionados com base em critérios como número de células, morfologia e viabilidade.

A quantidade de embriões transferidos depende das circunstâncias individuais (idade feminina, se foi estudado geneticamente ou não e do score deles) e das políticas da clínica de fertilidade. Os embriões selecionados são transferidos para o útero da mulher em um procedimento semelhante ao de uma inseminação intrauterina.

Depois da transferência do embrião, a paciente é acompanhada de perto para monitorar o progresso. Aproximadamente duas semanas depois, um teste de gravidez é realizado para verificar se a gestação foi bem-sucedida.

Como a Fecondare pode ajudar?

A escolha de uma boa clínica para realizar a técnica de ICSI, ou qualquer outro tratamento de reprodução assistida, é de extrema importância para casais que enfrentam desafios de infertilidade.

Uma clínica de qualidade oferece uma série de benefícios que contribuem significativamente para o sucesso e a segurança do tratamento. Procure por clínicas que contem com uma equipe altamente qualificada composta por especialistas em medicina reprodutiva:

  • embriologistas;

  • ginecologistas e/ou andrologistas e

  • psicólogos.

Essa equipe é fundamental para a realização precisa e segura de procedimentos complexos, como o ICSI. Outra característica fundamental é o atendimento personalizado. Busque por clínicas que reconhecem a singularidade de cada caso de infertilidade, individualizando o tratamento conforme as necessidades e expectativas de cada casal.

Isso promove um ambiente de cuidado focado no paciente. Portanto, se você está interessado em realizar a técnica de ICSI na região de Florianópolis, convidamos a conhecer a Fecondare, clínica de fertilização em Florianópolis.

A Fecondare preza pelo seu sonho de construir uma família e busca constantemente evoluir em termos de técnicas de reprodução assistida e aprimoramento do corpo clínico. Com uma equipe multidisciplinar composta por profissionais de diversas áreas, eles garantem diagnósticos precisos e planos de tratamentos de alta eficácia.

Quer saber mais sobre a técnica de ICSI ou tem dúvidas sobre o assunto? Entre em contato com a nossa equipe. Nossos profissionais estão disponíveis para tirar todas as suas dúvidas.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Dr. Jean Louis Maillard - Ginecologista - Diretor técnico médico - CRM-SC 9987 , CRM-RS 13107 e RQE 5605
Ginecologista formado na Faculdade de Medicina da PUCRS em 1983, com residência médica em Ginecologia e Obstetrícia, Precertopship de Histeroscopia e Fellow nos Hospitais Tenon e Port Royal em Paris

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

    Assine nossa newsletter!

      (48) 3024-2523

      Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

      Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

      LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais A Clínica Fecondare trata com seriedade, confidencialidade e integridade todos os dados pessoais que se encontram sob a sua responsabilidade. Aqui cuidamos não apenas da sua saúde, mas também do sigilo das informações dos pacientes, colaboradores, médicos, prestadores de serviço e fornecedores. Requisições relacionadas à Lei Geral de Dados Pessoais (LGPD)? Entre em contato com a Clínica Fecondare. E-mail: contato@fecondare.com.br

      Termos e Serviços
      Política de privacidade
      <
      2023 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
      Desenvolvido por esaude