Publicado em 08/07/2022

Infecções das glândulas acessórias masculinas causam alterações no sêmen

infeccoes-das-glandulas-acessorias-masculinas-e-alteracoes-no-semen

As alterações no sêmen são definidas como quaisquer defeitos na produção e na ejaculação do esperma. Essas mudanças podem ser causadas por diversos fatores, principalmente por infecções das glândulas acessórias.

Acontece que as glândulas acessórias masculinas (próstata, vesícula seminal e epidídimo) têm um papel muito importante na formação do sêmen. Elas não só contribuem para o armazenamento dos gametas reprodutores, como também para a secreção de líquidos seminais, que garantem nutrição, proteção e facilidade de locomoção dos espermatozoides.

Segundo uma pesquisa publicada na Itália, em setembro de 2011, no Journal of Endocrinology Investigation, as infecções, uma vez que são as principais alterações das glândulas acessórias, representam a maior causa de infertilidade masculina.

Isso ocorre por conta das modificações ocorrentes no sêmen, geralmente sendo:

  • maior número de leucócitos (glóbulos brancos);
  • menor porcentagem de espermatozoides viáveis;
  • maior porcentagem de espermatozoides com alterações morfologicas.

Os mecanismos pelos quais são causadas essas alterações, por sua vez, também foram apresentados na publicação do International Journal of Andrology.

De acordo com esse estudo, as alterações ocorrem principalmente devido à dificuldade de secreção dos conteúdos da próstata, assim como da vesícula seminal e do epidídimo, além da obstrução do ducto que conduz o sêmen do epidídimo ate a uretra.

Principais infecções das glândulas acessórias masculinas

A partir do momento em que o homem também pode ser o causador dos problemas para engravidar, sabe-se que muitas podem ser as causas. Por isso, a infertilidade masculina pode se dividir em três grupos.

  • pré-testiculares, definidas pelas alterações recorrentes no sistema hormonal e faz com que o homem não produza espermatozoides apropriados;
  • testiculares, que são as doenças do testículo;
  • pós-testiculares, que englobam os problemas do sistema de ductos, os mesmos que transportam os espermatozoides para fora.

Portanto, as infecções do trato genital masculino também são um dos principais fatores que podem comprometer a fertilidade do homem. Pensando nisso, separamos algumas das infecções mais comuns que provocam alterações no sêmen.

Prostatite aguda

Caracterizada por ser uma doença inflamatória da próstata, a prostatite aguda atinge, na maior parte dos casos, homens adultos.

A próstata é a glândula sexual masculina responsável por produzir o fluído prostático, que é um dos principais elementos do sêmen. Só é possível haver uma fecundação por conta da união do sêmen junto aos espermatozoides durante a ejaculação.

Portanto, a prostatite aguda acaba prejudicando a fertilidade masculina, uma vez que a redução do volume seminal, assim como o aumento da produção de determinadas substâncias inflamatórias, podem ocasionar uma péssima qualidade dos espermatozoides.

Orquite

orquite também é um problema que pode afetar bastante a fertilidade masculina, uma vez que é caracterizada pela inflamação, aguda ou crônica, dos testículos.

Ela pode ser causada por bactérias, como a escherichia coli ou traumatismos. Além disso, doenças como clamídia, gonorreia e a caxumba também podem ser a causa da orquite.

Em alguns casos, pode provocar uma inflamação no epidídimo, conhecido como epididimite, que falaremos abaixo.

orquite é uma doença que precisa de muita atenção, afinal, se não for identificada e tratada a tempo, pode ocasionar sérias complicações, como:

  • diminuição do volume testicular;
  • função do testículo prejudicada;
  • alterações no sêmen;
  • infertilidade e
  • fibrose.

Portanto, é muito importante estar atento aos sintomas da doença que consistem em dores no testículos, vermelhidão, inchaço e dependendo do caso, febre.

Epididimite

O epidídimo é essencial para o sistema reprodutor masculino. Ele é um ducto responsável não só por ligar os testículos aos ductos deferentes, como também pela coleta e depósito dos espermatozoides que são produzidos nos testículos.

Além disso, quando ocorre a ejaculação, os espermatozoides passam por esse mesmo ducto. Portanto, a epididimite é quando ocorre uma inflamação desse canal, geralmente causado por bactérias, como a Chlamydia e Neisseria, causadoras de várias IST ‘s (infecções sexualmente transmissíveis).

Acontece que essas bactérias podem ser contraídas durante o ato sexual, por esse mesmo motivo, essa infecção só costuma surgir em homens em idade sexualmente ativa. Contudo, pode atingir homens em todas as idades.

Uretrite

Definida como inflamação uretral, a uretrite pode ocorrer tanto por causa de doenças infecciosas, como não infecciosas. Quando a causa da uretrite é infecciosa, ou seja, causada por bactérias, o impacto causado na fertilidade masculina é muito maior.

É importante ter em mente que a uretra é o canal por onde a urina passa quando vai ser eliminada do corpo, além de estar presente tanto nas mulheres como nos homens.

Portanto, quando a uretra fica infeccionada, ela recebe o nome de uretrite e pode provocar, no caso dos homens, alterações no sêmen. Além da diminuição do volume de sêmen, os espermatozoides também têm sua quantidade reduzida, assim como a mobilidade.

Se ainda tiver alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato com a Fecondare! Você também pode fazer o seu pré-agendamento no site!

Siga também a Fecondare no InstagramFacebook e YouTube. Fique por dentro dos nossos conteúdos sobre a saúde reprodutiva!

Inscreva-se em nossa newsletter.

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Publicado por: Equipe Fecondare

Filtre por temas:

Filtre pelo formato de conteúdo

Assine nossa newsletter!

    Assine nossa newsletter!

      (48) 3024-2523

      Rua Menino Deus, 63 Sala 302. Baía Sul Medical Center - Centro CEP: 88020-203 – Florianópolis – SC

      Diretor técnico médico: Dr Jean Louis Maillard - CRM-SC 9987 RQE 5605

      Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas , consulte o seu médico.

      Termos e Serviços
      2022 © Clínica Fecondare - Todos os direito Reservados
      Desenvolvido por esaude