Dr. Ricardo Nascimento ministrou palestra sobre a importância dos anticoncepcionais em pacientes com obesidade mórbida

Publicado em: 18 de Abril de 2012

Dr. Ricardo Nascimento ministrou palestra sobre a importância dos anticoncepcionais em pacientes com obesidade mórbida

O ginecologista Dr. Ricardo Nascimento (CRM SC 3198) esteve no primeiro final de semana de abril em Joinville – SC, palestrando sobre a importância dos anticoncepcionais em pacientes com obesidade mórbida.

Dr. Ricardo explica sobre o tema:

As pacientes com obesidade mórbida necessitam de acompanhamento por equipe multidisciplinar, devendo incluir a presença do Ginecologista. Isto porque a paciente obesa encontra-se antes da cirurgia em um estado de infertilidade e, ao voltar ao peso normal, volta também ao seu estado de Fertilidade Normal, ocorrendo muitas vezes a gravidez, que em 50% das vezes não foi planejada. Assim, a escolha do método anticoncepcional deve ser feita idealmente antes da cirurgia bariátrica, pois anticoncepcionais orais, por exemplo, não poderão ser utilizados se a a cirurgia for desabsortiva.

Além disso, estas pacientes tem uma tendência maior a complicações como o tromboembolismo venoso, devendo ser evitado o componente estrogênico dos anticoncepcionais, sejam eles orais, transdérmicos ou injetáveis. Assim, métodos como o DIU de cobre ou Mirena tem excelente aplicabilidade nestes casos.

Ressalta-se que a gravidez deve ser evitada por um período mínimo de 12 a 18 meses, quando a perda de peso é maior. Além disso ela deve ser cercada de cuidadoso acompanhamento, face às carências de vitaminas e outros elementos que costumam ocorrer nestas pacientes de Alto Risco. Por isso, este grupo de pacientes deve utilizar métodos anticoncepcionais de alta eficácia.

Além disso, participamos em São Paulo de outro curso, voltado para a anticoncepção, focado para mulheres que desejam Métodos Modernos de Anticoncepção, como o Anel Vaginal, o NuvaRing. As vantagens do método fazem com que seja adotado por muitas mulheres que não desejam a tomada diária de comprimidos anticoncepcionais, as pílulas.

Conteúdo atualizado em: 12 de julho de 2017

 Agendar Consulta

Para agendar uma consulta preencha o formulário: