A influência da idade do pai sobre o sucesso da gravidez

Publicado em: 10 de Fevereiro de 2014

A influência da idade do pai sobre o sucesso da gravidez

Muito se pesquisou e já está bastante consolidada a influência que a idade da mulher exerce sobre a reprodução e o feto. Sabe-se que, a partir dos 35 anos de idade, as possibilidades de sucesso na concepção diminuem, assim como aumentam as chances de complicações na gravidez como aumento da pressão arterial, diabetes gestacional, doenças cromossômicas no feto, aborto etc. Ultimamente tem-se pesquisado o papel da idade paterna sobre esses mesmos aspectos, quais sejam, a possibilidade de gravidez e a saúde do feto. Verificou-se que existe influência, mas em menores proporções.

Conforme o homem envelhece, há uma diminuição na quantidade de sêmen que ele produz a cada ejaculação, assim como na movimentação de seus espermatozoides. Portanto, com o passar dos anos, a capacidade de ele engravidar uma mulher torna-se menor. As pesquisas analisam concepções realizadas a partir de doação de óvulos – que normalmente é feita por mulheres com menos de 35 anos – visto que a maioria dos casais composta de homens mais velhos é também composta por mulheres mais velhas, o que poderia comprometer os resultados das pesquisas.

Em relação à influência da idade paterna sobre a saúde do feto, considerou-se o aumento no número de doenças congênitas (aquelas adquiridas durante a gestação), mas que, de um modo geral, ainda são muito raras de acontecer. Parece haver também uma pequena influência negativa sobre a inteligência do feto (o oposto do que acontece em relação à idade da mãe). Uma doença que apresenta uma associação mais significativa com a idade paterna é a esquizofrenia, que é um transtorno psiquiátrico em que o paciente não percebe o mundo como ele é e cria a sua própria realidade, podendo apresentar delírios e alucinações. Também há aumento do risco de o filho ter autismo e dislexia. Outra doença que também possui associação com o avanço da idade paterna é o câncer, como, por exemplo, a leucemia.

É muito importante salientar que todas as pesquisas realizadas neste sentido reforçam que a associação entre idade paterna e todas essas condições não é determinante, isto é, não é a idade avançada do pai que vai ser responsável necessariamente por uma ou outra condição, a influência dela, quando ela existe, é considerada pequena. O estado de saúde integral tanto do homem quanto da mulher, o acompanhamento de toda a gestação, o comportamento da futura mãe, seu estilo de vida durante a gravidez e previamente, as doenças genéticas presentes na família, possíveis infecções adquiridas durante a gestação, consumo de medicamentos, entre outros, são alguns dos fatores que influenciam no sucesso de uma gravidez e na saúde do feto. Por isso é importante o acompanhamento de um médico especializado quando se quer engravidar, porque todos esses fatores têm de ser analisados como um conjunto por um profissional capacitado, tornando-se o médico e o casal parceiros nessa empreitada.

Conteúdo atualizado em: 14 de Fevereiro de 2017

 Agendar Consulta

Para agendar uma consulta preencha o formulário: