Motivos da infertilidade masculina

Publicado em: 18 de Fevereiro de 2015

Motivos da infertilidade masculina

Quando o casal está tentando ter filhos e não consegue, é necessário que homem e a mulher procurem o atendimento médico. A infertilidade conjugal, em 40% dos casos, vem de causas femininas, em outros 40% de causas masculina e nos 20% restante os problemas ocorrer tanto no homem quanto na mulher.

Acredita-se que de 10% a 15% dos casais heterossexuais tenham problemas com a fertilidade. Conheça então algumas causas da infertilidade masculina que podem estar impedindo a gestação.

Conheça causas de infertilidade masculina

1 – Infecções
Caso o homem tenha uma infecção mal resolvida em seu aparelho reprodutivo, ele poderá se tornar infértil. Isso ocorre porque a uretra e estruturas como os testículos e o epidídimo podem ser comprometidas. Dentre as mais comuns, podemos citar a clamídia e a gonorreia, que são sexualmente transmissíveis. Nesses casos, o tratamento com a antibioticoterapia costuma resolver o problema.

2 – Varicocele
Aproximadamente 20% dos homens, adolescentes ou adultos, têm varicocele. As veias do testículo ficam dilatadas e, em alguns homens, isso compromete a qualidade do sêmen, levando à infertilidade. Vale ressaltar que nem todos os homens que têm varicocele ficam inférteis. Quando a causa da infertilidade é atribuída à varicocele, o tratamento é cirúrgico e a maioria dos pacientes apresenta melhora em até 12 meses.

3 – Homens expostos a condições ambientais impróprias
Quando o ambiente de trabalho expõe o homem à radiação, calor excessivo, manuseio de solventes orgânicos, metais pesados, atividade física excessiva, entre outros fatores que interferem na qualidade do sêmen ou na produção de espermatozoide, a infertilidade pode ocorrer. Nesses casos, o indicado é congelar o sêmen para poder ter filhos futuramente.

4 – Traumas
Esses podem ocorrer com a necessidade da realização de uma cirurgia no aparelho reprodutor ou de um trauma acidental. Em alguns casos, o corpo começa a desenvolver anticorpos antiespermatozoides que alteram o comportamento dos espermatozoides quando chegam ao corpo feminino.

5 – Hábitos de vida
O cigarro é um vilão da fertilidade. Homens que fumam são fortes candidatos a terem problemas reprodutivos, pois a motilidade dos espermatozoides é comprometida. Quem bebe com frequência também pode ter uma diminuição na concentração e espermatozoides no sêmen, dificultando a gestação. O uso de cocaína e de maconha também pode influenciar negativamente a espermatogênese.

6 – Azoospermia
É quando o homem ejacula normalmente, mas não há nenhum espermatozoide no sêmen. Quando isso acontece, é necessário investigar se o problema é com os testículos que pararam de produzi-los, ou se é por obstrução no canal que leva os espermatozoides do testículo até a uretra. Estima-se que quase 20% da infertilidade masculina ocorra por azoospermia, mas que quando a biópsia é feita, 80% desses conseguem obter espermatozoides que poderão ser usados na fertilização in vitro.

A avaliação feita por um especialista pode determinar o problema de infertilidade do casal e definir formas de resolvê-lo.

Conteúdo atualizado em: 12 de julho de 2017

 Agendar Consulta

Para agendar uma consulta preencha o formulário: