Devo procurar uma clínica de saúde reprodutiva?

Publicado em: 22 de Maio de 2015

Devo procurar uma clínica de saúde reprodutiva?

A vida da sociedade mudou muito nas últimas décadas, principalmente em relação à formação das famílias. Atualmente as pessoas têm casado com mais idade em relação ao século passado, o que leva às gestações mais tardias. Quando um casal acredita que chegou a hora de engravidar deve interromper a utilização dos métodos contraceptivos e passa a viver períodos de espera pela gravidez.

Taxa de fertilidade

Com o passar dos anos as mulheres sofrem com a diminuição da ovulação, se entre os 18 e 20 anos elas ovulam entre 10 e 11 vezes ao ano, depois dos 30 anos essa quantidade é menor, nem todo mês a mulher estará pronta para engravidar. Por isso, mesmo para casais saudáveis e ativos sexualmente, pode levar até um ano de tentativas para que a gravidez aconteça naturalmente.

A espécie humana não é uma espécie fértil, a cada ciclo a chance de engravidar é de, no máximo, 20% por mês, essa é a taxa de fertilidade de um casal jovem e saudável“, explica o ginecologista Ricardo Nascimento.

Quando procurar um médico

Durante o primeiro ano de expectativa pela gravidez é importante não deixar a ansiedade tomar conta da vida do casal, mas caso tenha iniciado o segundo ano de tentativas, sem sucesso, é o momento para procurar uma clínica especializada em saúde reprodutiva. Com a atenção de uma equipe médica multidisciplinar será possível realizar exames em busca das causas da infertilidade, que podem ser provenientes da mulher (40% dos casos), do homem (40% dos casos) ou ainda ser o conjunto de causas dos dois (20%).

Complicações da saúde feminina

Mulheres que sofrem de endometriose, ovário policístico, distúrbios hormonais ou metabólicos ou passaram por alguma cirurgia nos órgãos do aparelho reprodutor são casos especiais, elas devem ter acompanhamento médico regular. O tratamento de cada caso específico irá revelar se a gestação exige a reprodução assistida.
As mulheres que passaram dos 35 anos também devem esperar menos tempo para procurar ajuda especializada, nestes casos quanto mais rápido for encontrada a causa e definido o tratamento, melhor será para a saúde dos óvulos.

Complicações da saúde masculina

Os homens sofrem menos com a ação do tempo, para eles a idade não é o fator determinante para a fertilidade, porém algumas causas podem contribuir para que o homem seja infértil. Infecções mal resolvidas no aparelho reprodutor; varicocele (veias dos testículos dilatadas); exposição imprópria à radiação ou produtos químicos e o hábito de fumar são causas que interferem na qualidade e quantidade dos espermatozoides. A melhor opção sempre é procurar um médico que irá identificar qual o melhor exame e tratamento para cada caso.

União e persistência

Gerar um filho exige, além do óvulo e espermatozoide, a decisão e o comprometimento do casal, por isso eles devem ser avaliados juntos. Se as primeiras tentativas naturais não geraram sucesso, conversem e busquem o auxílio de quem tem experiência e poderá orientar sobre os melhores métodos para conquistar a desejada gestação. O processo deve ser feito com cuidado, atenção e todo amparo psicológico, o importante é ter esperança em realizar o sonho de ter uma família.

Conteúdo atualizado em: 12 de julho de 2017

 Agendar Consulta

Para agendar uma consulta preencha o formulário: